(11) 3571-0452

Entenda tudo sobre o Programa Floresta +

Entenda tudo sobre o Programa Floresta +

Saiba tudo sobre o Programa Floresta + Programa Floresta Mais - Pagamento por Serviços Ambientais (PSA)

Incentivo do Ministério do Meio Ambiente destinará inicialmente R$ 500 milhões em ações de conservação e recuperação do meio ambiente na região amazônica por PSA (Pagamento por Serviços Ambientais).

O que é o Programa Floresta+?

O Ministério do Meio Ambiente lançou no início do mês de Julho, dia 04/07, o Programa Floresta +. De acordo com a pasta, a iniciativa destinará inicialmente R$ 500 milhões do Fundo Verde do Clima de ações de conservação e recuperação do Meio Ambiente na região amazônica para PSA (Pagamento por Serviços Ambientais).

Objetivo principal do Programa Floresta +

Um dos objetivos principais do Programa Floresta + é firmar parcerias estratégicas com órgãos de entidades públicas ou privadas, nacionais, e até mesmo internacionais, com vistas a apoiar Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) para o proprietário da propriedade ou do imóvel rural que combater incêndios, proteger a vegetação nativa, plantar árvores e realizar o monitoramento e vigilância de Reserva Legal e Áreas de Preservação Permanente. Essas estratégias possuem o foco de criar um ambiente de negócios entre os atores citados acima.

Quem poderá participar do “Programa Floresta +”?

Poderão ser beneficiados em todo o território brasileiro: pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, algumas categorias fundiárias, sejam elas privadas, de preservação permanente ou de uso restrito, terras indígenas ou (UC) Unidades de Conservação, e assentamentos, desde que desenvolvam atividades de proteção de recursos naturais.

De acordo com a portaria publicada pelo Ministério do Meio Ambiente, fazer cerca, vigilância, combate a incêndios, proteção do solo, monitoramento, pesquisas sobre biodiversidade, plantio de espécies nativas, atividades agroflorestais, atividade integrada lavoura-pecuária-floresta são exemplos de atividades que serão reconhecidas e/ou remuneradas pelo programa.

>> Leia na íntegra a Portaria do Programa Floresta + aqui

Os benefícios do Programa Floresta +

A medida trará uma série de benefícios para a sociedade. Dentre elas, estão o aumento da disponibilidade hídrica, a conservação do solo, polinização, a observação de fauna e a apreciação de paisagens naturais, a conservação da biodiversidade, a manutenção e aumento dos estoques de carbono, entre outros.
A ideia do Programa Floresta + é contribuir com o desenvolvimento na região da Amazônia. Embora seja uma das regiões mais ricas do país, a Amazônia tem o pior Índice de Desenvolvimento Humano do Brasil. A falta de acesso as condições básicas de vida, como atendimento de saúde efetivo, água potável, tratamento de esgoto e energia elétrica e a ausência de dinamismo econômico elevam o desmatamento e a prática de atividades ilegais na região.
A expectativa é de que com toda essa mudança de paradigma, as novas alternativas de renda e o ambientalismo de resultado tragam significativos ganhos para o desenvolvimento sustentável com foco na geração de emprego e renda.

Quais são os biomas atendidos pelo Programa Floresta+?

Os biomas atendidos pelo Programa Floresta Mais são: Bioma Amazônia (Piloto do Governo Brasileiro), em breve o Programa se ampliará para os demais biomas brasileiros.

Geoflorestas e o Programa Floresta +

A Geoflorestas possui uma equipe de geoespecialistas prontos para atender você que se enquadra no Programa Floresta +. Unimos precisão e tecnologia para realizar um Diagnóstico Ambiental completo, captar recursos e desenvolver projetos estratégicos para o seu imóvel rural e propriedade para atender os requisitos do Programa Floresta +.

A Geoflorestas une tecnologia e consultoria especializada para empresas que estão procurando projetos para Pagamento de Serviços Ambientais (PSA). Descubra mais hoje e fale conosco aqui

Adicionar Comentário

*Por favor, preencha todos os campos corretamente

Notícias Relacionadas

Por do Sol da Reserva Chocoaré-Mato Grosso. Geoflorestas é a quarta empresa a participar do programa adote um parque